Cadastro

Horários dos Cultos

  • Seg a Sex: Oração - 7 a 8hs
  • Segunda: Núcleos Familiares
  • Quarta: Quarta da Benção - 20hs
  • Quinta: Desperta Débora - 15hs
  • Sexta: Seminário - 19h30m
  • Sábado: União Jovem - 19h
  • Domingo: EBD - 8h30m

Culto da Família - 18h 

 

Batista Ebenézer

Inicial
Desperta Débora PDF Imprimir E-mail
Sáb, 21 de Maio de 2011 18:53

MOVIMENTO DESPERTA DÉBORA

COMO SURGIU
"Desperta Débora" nasceu no coração de Deus, que tocou o pastor Jeremias Pereira da Silva por ocasião da Consulta Global sobre Evangelização Mundial, em maio de 1995 em Seul, na Coréia do Sul.
Um dos pontos altos desse encontro foi a consagração dos primeiros 100.000 jovens para a obra missionária. Durante essa consagração foi feita uma menção de gratidão às mães que oraram para que esse sonho se tornasse realidade. Essa fato fez nascer no coração do pastor Jeremias e do pastor Marcelo Gualberto o sonho de ver acontecer algo semelhante em nosso País.
Assim, esses dois pastores lançaram um desafio para que as mães brasileiras começassem a orar intensamente por seus filhos biológicos, adotivos e espirituais para um despertamento missionário no Brasil.
A esposa dom pastor Jeremias, Ana Maria, foi convidada a unir-se a eles e assim os três iniciaram o movimento.
O nome "Desperta Débora" veio da leitura do livro de Juízes 5.7-12. Débora foi uma juíza e mãe que se levantou para defender Israel, sua nação. Neste texto ela desafia a si mesma dizendo: "Desperta Débora, desperta. Desperta, acorda". 
Hoje, o "Movimento Desperta Débora" conta com mais de 60 mil mães cadastradas orando pela juventude do Brasil.
Queremos chegar às mamães que estão mais distantes. Existem milhares de mães orando, mas existem também milhares de mães que se sentem sós e sem forças, desanimadas e depressivas.Queremos chegar até elas. Grupos de "Déboras"estão se levantando e uma grande frente de oração se espalha de norte a sul e de leste a oeste. Por todos os lugares onde passamos o grito é um só: "Não colocamos filhos no mundo para povoar o inferno. Queremos nossos filhos rendidos aos pés de Jesus" (Ana Maria).

COMO SE TORNAR UMA "DÉBORA"
Para se tornar uma "Débora", (é assim que são conhecidas as mulheres ou mães que oram debaixo da cobertura desse ministério), procure uma coordenadora de igreja, para que você se cadastre e assuma o compromisso de
orar por 15 minutos todos os dias, em favor de seus filhos biológicos, adotivos, espirituais e pelas crianças, adolescentes e jovens
. Na medida da necessidade. Esse compromisso é entre você e Deus.

Há duas frases que marcam as "déboras"
"NINGUÉM ORA POR UM FILHO COMO UMA MÃE" - "IMAGINE MILHARES DE MÃES ORANDO JUNTAS".

"MÃES DE JOELHOS, FILHOS DE PÉ" 

São inúmeros os testemunhos das mães que assumiram o compromisso de ser uma "débora".
Vem e vê!...

Horários: as Quintas-feiras na IEBE