Cadastro

Horários dos Cultos

  • Seg a Sex: Oração - 7 a 8hs
  • Segunda: Núcleos Familiares
  • Quarta: Quarta da Benção - 20hs
  • Quinta: Desperta Débora - 15hs
  • Sexta: Seminário - 19h30m
  • Sábado: União Jovem - 19h
  • Domingo: EBD - 8h30m

Culto da Família - 18h 

 

Batista Ebenézer

Inicial Mensagens Sermões Compreendo as realidades espirituais
Compreendo as realidades espirituais PDF Imprimir E-mail
Escrito por Pr Luis Antonio de Carvalho   
Sáb, 01 de Outubro de 2011 12:34


 

 "Sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está debaixo do poder do Maligno" (I João 5: 19).




 

INTRODUÇÃO.

 

A Palavra de Deus nos diz que “o mundo todo esta debaixo do poder do maligno” (linguagem de hoje). Muitos se preocupam em conhecer somente o mundo físico que é este em que vivemos. Paralelo a este mundo existe o mundo espiritual. Quando procuramos conhecer melhor as coisas espirituais através da Palavra de Deus, aprendemos que antes das coisas acontecerem no mundo físico, acontecem no mundo espiritual.

 

"Então, me disse: Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras;  e, por causa das tuas palavras, é que eu vim.  Mas o príncipe do reino da Pérsia  me resistiu por vinte e um dias; porém Miguel,  um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu obtive vitória sobre os reis da Pérsia" (Daniel 10: 12-14).

 

A todo o momento se trava grandes batalhas espirituais que refletem no mundo físico. Tais batalhas são realidades vividas em todo planeta, no nosso pais, no nosso estado, na nossa cidade, no nosso bairro, na nossa família, enfim na minha própria vida. Para que esse mal não faça parte da nossa vida, é necessário primeiramente conhecer o nosso inimigo, suas estratégias, e as suas armas.



 

  • Como posso conhecer o meu inimigo?

 

O REINO DE SATANÁS.

 

Precisamos entender como essas forças espirituais do mal agem, precisamos entender como o reino de satanás se organiza. Há uma hierarquia onde Lúcifer comanda tudo: Principados, potestades, dominadores, e forças malignas. "No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais" (Efésios 6: 10-12).

 

Seriamos ingênuos demais achar que o reino das trevas não são organizado. Para entendermos melhor, numa linguagem mais simples de entender, vejamos:

 

Para todos os países do planeta terra satanás designa príncipes. Vamos nos basear aqui no Brasil. Este príncipe sob comando de satanás designa para cada estado um governador, este governador maligno forma seu governo com potestades (demônios que são violentos e agem sem piedade). Este governador designa para cada cidade do estado um dominador (sua função é dominar, tomar posse), este dominador tem sobre seu domínio para comandar esta cidade legiões de demônios. Dependendo do tamanho da cidade é a quantidade legiões (cada legião de demônio tem um que lidera). Nesta cidade, em cada bairro, em cada rua, em cada encruzilhada existem demônios.

 

Esta organização proposta por Satanás tem que ser combatida. A pergunta é:

 

O problema é espiritual, como podemos combater tudo isso?

 

Jesus Cristo é o Senhor soberano no reino espiritual. Para tal problema, JESUS CRISTO FILHO DO DEUS ALTISSIMO quando solicitado, ele se coloca em posição para nos ajudar.

Satanás tem oprimido todos os dias os homens e principalmente o povo de Deus. Esta opressão se não for combatida gera a depressão. A depressão não cuidada de forma correta permite ao inimigo a possessão. E a possessão é o sintoma de pleno domínio de Satanás. Para se combater este mal o líder espiritual da Igreja do nosso Senhor Jesus Cristo necessita ter conhecimento. São realidades espirituais que não se vence apenas se revestindo com a armadura e empunhando a espada. É preciso conhecer o inimigo e suas estratégias.

 

  • Como posso saber se estou sendo oprimido?

  • Como posso saber o grau de intensidade da opressão?

 

  1. OPRESSÃO. A palavra opressão significa: Sobrecarregar; Peso em excesso; Apertar; Comprimir, pressão que esmaga; Sufoco.

 

Uma coisa que devemos saber é que não há um ser humano na terra que não seja oprimido pelo diabo. O primeiro sintoma de que estamos sendo oprimidos é o desânimo. Por isso que não podemos desanimar quanto somos afligidos. O desânimo é o primeiro sinal que estamos perdendo esta batalha. É necessário enfrentar este mal e não descansar enquanto ele não cair por terra. A opressão pode se manifestar de 3 maneiras: No corpo; Na alma (mente) e nas circunstâncias.

 

A opressão é um nível de ação satânica a qual todos estão sujeitos; Cristãos e não-cristãos. A intensidade desta opressão pode ser bem diferente. Vários personagens bíblicos passaram por opressão demoníaca.

  • Adão e Eva; Noé; Abraão; Jacó; Isaque; José; Davi; Neemias; Gideão; Ester; Ruty; Elias; Eliseu; Jó; Oséias; Isaias; Daniel; Todos os apóstolos e principalmente o Senhor Jesus.

 

  1. NO CORPO: Doenças e distúrbios orgânicos: Dor de cabeça constante, falta de ar, dor na coluna, enjôo, pontadas no corpo, sonolência, insônia, inchaço do corpo ou da cabeça, desmaios, convulsões, etc.

Tais doenças e distúrbios, antes de afirmar que é opressão, é preciso verificar alguns aspectos importantes:

  • Verificar como a enfermidade se originou.

  • Se a pessoa já foi ao médico e há um diagnóstico.

  • Se a atuação e a dor são constantes e inexplicáveis.

  • Qual o nível de contato da pessoa com o ocultismo.

  • Se alguém na família sofre a mesma enfermidade (hereditariedade).

  • Se alguém lançou alguma praga e em seguida a enfermidade originou.

  • Como foi o passado da pessoa, se há feridas.

  • Se a pessoa guarda mágoas profundas.

  • Se a pessoa sofre ataques violentos sobre o corpo.

  • Fortes compulsões para as obras da carne.

 

  1. NA ALMA (MENTE): A mente é o campo de batalha entre o homem e satanás. "Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais" (Efésios 6: 12).

 

O grande alvo do maligno é a nossa mente. Toda luta espiritual se trava na mente do ser humano porque o objetivo do inimigo é abalar o nosso espírito. Quando o inimigo alcança o controle da nossa mente, o corpo e espírito estão comprometidos.

 

Nossa alma determina a nossa personalidade, controla as nossas emoções e com isso tudo muda em nossas vidas: O falar, o andar e as nossas ações. Vejamos como funciona: As ações demoníacas refletem diretamente no nosso dia a dia:

  • Problemas familiares (no marido, na esposa, nos filhos, nos pais).

  • Problemas financeiros (endividamento, pobreza, miséria).

  • Problemas com perseguições (se sente perseguido, descriminado).

  • Problemas com indisposição (as coisas não andam, nos tornamos preguiçosos, não conseguimos produzir, desemprego).

  • Problemas com enfermidades (são enfermidades crônicas).

  • Problemas psicológicos (só pensam em coisas ruins, não conseguem se firmar em nada).

 

O grande objetivo do inimigo além de escravizar o homem é fazer que a nossa comunhão com Deus seja rompida. A opressão, tanto no corpo como na alma, se não for combatida, leva a pessoa à depressão.

  1. DEPRESSÃO. A depressão é um domínio um pouco mais acentuado que a opressão, pois as forças da pessoa são minadas a tal ponto que ela começa a se entregar ao desânimo e apatia (Falta de energia; preguiça; indisposição).

 

O estado de depressão leva a pessoa a um estado de aprisionamento. As pessoas que estão passando por este mal, se fecham para o mundo e preferem viver isoladamente. A pessoa não quer conversar, prefere não ver ninguém, e procura estar sempre escondido, de preferência num local escuro.

 

Quando não tratado, leva o homem ao alcoolismo, as drogas, a prostituição e finalmente muitos suicidam. A depressão faz dos homens vivos mortos.

  1. POSSESSÃO. A possessão demoníaca se dá quando um ou mais demônio se apossam e permanecem no corpo de uma pessoa totalmente ou temporariamente, assumindo o total controle da mente e do corpo.

 

Nesse caso, a personalidade fica totalmente escravizada e se divide em dois níveis:

 

  1. POSSESSÃO (COM DOMINIO). Este tipo de possessão é muito comum e é chamado “com domínio” porque a pessoa que esta passando pelo processo acha que tem domínio da situação, entende que nada tem, mas na realidade esta sendo enganada. A prova deste engano são as suas ações. A prova desta possessão é quando exposto diante da gloria de Deus, o inimigo não suporta e se revela. A reação desta pessoa é: “Nossa eu não sabia disso”.

  2. POSSESSÃO (SEM DOMINIO). Este tipo de possessão já esta num estágio bem avançado. A mudança de personalidade se torna visível. Em muitos casos o objetivo do inimigo é atingido: ESCRAVIDÃO TOTAL. Esta condição, na maioria dos casos é irreversível. Os Manicômios estão repletos destes casos. Quantos andarilhos existem hoje por ai.

 

Em ambos os casos existe mudança de comportamento, um com mais freqüência, outro com menos freqüência, vejamos:

  • MUDANÇA DE PERSONALIDADE: Violência e acesso de fúria; Choros constantes; Bramidos, gritos e berros; Tremedeiras; Zomba do que sagrado.

  • MUDANÇA FÍSICA: Alteração na voz; Babas; Sintomas epilépticos; Olhos vidrados e parados.

  • MUDANÇA MENTAL: Capacidade anormal (começa a falar sozinho), telepatia, levitação, premonição (vê coisas, começa a prevê situações), línguas enroladas (falas desconhecidas).

  • MUDANÇA ESPIRITUAL: Reage com violência à confissão da Palavra. Não suporta o Louvor. Não suporta a Oração. Blasfema contra Deus, Filho e Espírito Santo, e depois diz que não se lembra (mentira).

 



CONCLUSÃO.

 

Como ajudar e orientar uma pessoa que se encontra nessa situação em seu grupo familiar ou na Igreja?

  • É necessário que a pessoa se conscientize de que está cativa dos demônios e queira ser liberta de verdade.

  • Arrependimento genuíno da prática do pecado.

  • Ser humilde e reconhecer a total dependência de Deus.

  • Ter disposição para perdoar (lembrar que aquele que não perdoa também não será perdoado).

 

Essas são algumas das realidades espirituais que lidamos no dia-a-dia. É preciso ter consciência deste mal e buscar no Senhor Jesus a solução dos problemas. "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8: 32).

 

Muitos estão preocupados neste exato momento, e devem estar mesmo, mas Deus não nos colocaria em situação tal sem que estivesse conosco, ele mesmo disse:

 

"Que diremos pois a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia: fomos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor!" (Romanos 8: 31-39).

 

 

Domingo, 18 de abril de 2010.

Culto da Família.  

 

 

 

 

 


 

PARA ESTUDO.

 

COMO SABER SE UMA PESSOA ESTÁ SOFRENDO INFLUÊNCIAS DEMONÍACAS? (opressão, depressão, possessão etc.)

NA ÁREA ESPIRITUAL:

 

  • Se opõe ao Evangelho. (Às vezes crê, mas não pratica conforme a Palavra de Deus).

  • Fechado à ação do Espírito. (Não permite transformações, nasci assim, vou morrer assim).

  • Descrença absoluta. (Não creio em nada relacionado ao mundo espiritual).

  • Dureza de coração. (Resiste a Palavra, até ouve, mas diz: não é bem assim!).

  • Falta de paz interior. (Se torna inquieto, preocupação em demasia etc.).

  • Farisaísmo religioso. (Se acha profundo conhecedor, mas os seus atos dizem quem ele é).

  • Outros casos. (Fanatismo, Superstição, Idolatria, Mediunidade).

 

NA ÁREA PSICOLÓGICA:

 

  • Nervosismo. (Tem ataques de nervosismo constante, se ira por pouca coisa, sente ódio com facilidade).

  • Medo. (Sente medo do escuro, da morte, vê vultos constantes, etc.).

  • Desejo de suicídio. (Tem vontade de morrer, qualquer problema se surge, tem desejo de se matar).

  • Abrasamento sexual. (Sem controle sexual, Maníaco sexual, pratica sexo com o cônjuge mesmo sem permissão).

  • Desequilíbrio emocional. (Ao mesmo tempo em que esta bem, derrepente do nada muda o seu comportamento).

  • Ressentimento. (Magoa-se com facilidade, Mostra-se ofendido).

  • Mania de perseguição. (Se sente perseguido, acha que ninguém gosta dele(a), numa conversa qualquer, acha que estão falando dele(a)).

  • Hábitos que escravizam. (Tem tendências a vícios com facilidade).

  • Sonhos e pesadelos horríveis repetidos.

  • Desejo compulsivo de amaldiçoar.

 

NO ASPECTO FÍSICO:

 

  • Dores de cabeça constante.

  • Desmaios e convulsões.

  • Pontadas no corpo.

  • Inchaço na cabeça.

  • Dores no estômago.

  • Falta de apetite constante.

  • Apetite mórbido.

  • Estafa.

  • Dores no ouvido.

  • Enfermidade sem diagnóstico médico.

 

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 Próximo > Fim >>
(Página 1 de 5)

Última atualização em Qui, 13 de Outubro de 2011 20:56
 

Busca de Sermões

Busca de Sermões