Cadastro

Horários dos Cultos

  • Seg a Sex: Oração - 7 a 8hs
  • Segunda: Núcleos Familiares
  • Quarta: Quarta da Benção - 20hs
  • Quinta: Desperta Débora - 15hs
  • Sexta: Seminário - 19h30m
  • Sábado: União Jovem - 19h
  • Domingo: EBD - 8h30m

Culto da Família - 18h 

 

Batista Ebenézer

Inicial Mensagens Sermões Compreendo as realidades espirituais - Conclusão
Compreendo as realidades espirituais - Conclusão PDF Imprimir E-mail
Escrito por Pr Luis Antonio de Carvalho   
Sáb, 01 de Outubro de 2011 12:34


CONCLUSÃO.

 

Como ajudar e orientar uma pessoa que se encontra nessa situação em seu grupo familiar ou na Igreja?

  • É necessário que a pessoa se conscientize de que está cativa dos demônios e queira ser liberta de verdade.

  • Arrependimento genuíno da prática do pecado.

  • Ser humilde e reconhecer a total dependência de Deus.

  • Ter disposição para perdoar (lembrar que aquele que não perdoa também não será perdoado).

 

Essas são algumas das realidades espirituais que lidamos no dia-a-dia. É preciso ter consciência deste mal e buscar no Senhor Jesus a solução dos problemas. "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8: 32).

 

Muitos estão preocupados neste exato momento, e devem estar mesmo, mas Deus não nos colocaria em situação tal sem que estivesse conosco, ele mesmo disse:

 

"Que diremos pois a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas? Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Quem os condenará? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós. Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia: fomos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor!" (Romanos 8: 31-39).

 

 

Domingo, 18 de abril de 2010.

Culto da Família.  

 

 

 

 

 

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 Próximo > Fim >>
(Página 4 de 5)

Última atualização em Qui, 13 de Outubro de 2011 20:56
 

Busca de Sermões

Busca de Sermões